Em todo o mundo existem cerca de 10.000 variedades distintas de arroz. Em Portugal, pelas caracteristicas do clima e do cultivo o mais utilizado é o arroz Carolino (longo). Mas o Agulha e o Basmati têm um peso bastante grande nos tipos de arroz consumidos em Portugal. 

Em baixo deixamos-lhe algumas curiosidades sobre os tipos de arroz mais utilizados em Portugal:

Agulha

Pertencente à espécie índica, o Arroz Agulha, apresenta um grão com um comprimento superior a 6,0mm e uma relação comprimento/altura superior a 3. Agulha é um arroz de grão fino e longo, vítreo e consistente.

Carolino

Um arroz da variedade japónica, mais volumoso e aveludado, que incha mais e cria mais goma que as outras variedades, o Carolino é o tipo de arroz mais genuinamente português.

As suas características fazem com que absorva como nenhum outro os aromas e sabores dos temperos e ingredientes com que é cozinhado.

Vaporizado / Estufado

Submetido a um tratamento com vapor de água. É um arroz firme e dourado, rico em fibra e minerais que permanece solto mesmo após a preparação, não necessitando de especial atenção durante a cozedura.

Selvagem

Rico em nutrientes e pouco calórico, é geralmente utilizado em misturas com o arroz branco. Também conhecido por Zizania ou Grão de àgua. O seu grão, tem um comprimento maior e apresenta uma cor escura.

Basmati

Arroz de variedade índica, o arroz Basmati deve o seu nome ao perfume que exala no momento da cozedura.

É muito associado a cozinha indiana e tailandesa e embora intenso, o seu aroma não se traduz em sabor no prato, uma vez que o seu longo e delicado bago de brancura excepcional tem um sabor neutro.

Integral

Rico em fibras, o arroz Integral é um arroz Carolino ao qual não foi retirada a película protectora durante o processo de branqueamento.

O resultado é um bago de cozedura mais lenta, mas de alto valor nutritivo graças aos nutrientes que se encontram na casca: fibras, vitaminas, minerais e óleos essenciais.