Ananás

Ananás

Dica do Chef 1: Para aferir o grau de amadurecimento deve puxar umas das folhas centrais da coroa, e se estas saírem sem esforço está maduro.

Dica do Chef 2: Para utilizar em gelatinas deve ser utilizado o ananás de conserva, ou se fresco, deve ser fervido.

Escolher bem: Deixe de fora os frutos deteriorados e já podres. Opte pelo limpo e sem manchas internas ou externas, mossas, humidade ou cheiro estranho. Encontra-se maduro quando a polpa cede à pressão dos dedos, o aroma é intenso, a ponta das folhas é alaranjada e arracam-se com facilidade.

Dicas para conservação: A seguir a descascar e cortar o ananás, mantenha-o alguns dias em local seco e fresco, envolto em plástico ou película aderente.

O frigorífico deteriora o ananás: não aguenta temperaturas inferiores a 7ºC.

Quando está maduro, coma-o de imediato, para não perder sumo.

Limão

Limão

Dica do Chef 1: Retire cascas de limão, seque-as em forno morno (cerca de 50 ºC) e quando frio adicione a açúcar ou sal grosso, ficando estes ingredientes bem aromatizados.

Dica do Chef 2: Para retirar mais sumo dos limões, role-os na bancada exercendo alguma pressão, ou coloque-os em micro-ondas cerca de 30 segundos na potência máxima.

Escolher bem: Prefira os limões de casca fina, pesados e em bom estado.

Dicas de conservação: 

À temperatura ambiente: num local fresco, entre 7 a 10 dias.

No frigorífico: num saco de plástico, até 6 semanas. Depois de cortados, guarde-os entre 2 e 3 dias.

No Congelador: pode guardar o sumo em sacos ou couvettes de gelo.

Acelga

Acelga

Dica do Chef: Aproveite os talos para cremes e sopas e as folhas para guarnição da mesma. As folhas, se bem macias, podem ser utilizadas como acompanhamento em substituição de espinafres.

Escolher bem: Opte por acelgas frescas, de folhas polidas, brilhantes e viçosas.

Dicas para conservação:

No frigorífico: crua ou cozinhada, durante 3 a 4 dias.

Cebola

Cebola

Dica do Chef 1: Deve escolher cebolas rijas e de pele seca. Depois de descascadas devem ser consumidas, pois oxidam muito fácil e rapidamente.

Dica do Chef 2: Para um refogado mais saboroso aproveite os ramos verdes que saem do bolbo da cebola.

Escolher bem: Certifique-se da sua frescura. Prefira cebolas de polpa bem firme, com a casca seca e quebradiça, sem indícios de deterioração e sem escamas exteriores partidas. Não compre as que já estão a grelar ou aparentam estar ocas.

Dicas de conservação:

À temperatura ambiente: guarde num local bem fresco e seco. Com humidade, as cebolas podem apodrecer ou criar raízes e espigar.

No frigorífico: conserve as cebolas bem tapadas pois o seu cheiro intenso pode afetar os outros alimentos.