O conhecimento e a comunicação são vitais quando se trata de servir comida isenta de glúten. Não só a sua equipa da cozinha mas também a de serviço deve estar informada sobre os vários processos e a forma correta de agir. 

 

Demonstre um compromisso com a gestão do glúten, certificando-se de que todas as pessoas na sua equipa:

  • Sabem que existe uma lei que define a alegação "isento de glúten".
  • Sabem dizer aos clientes que pratos contêm e não contêm glúten.
  • Estão atualizadas quanto às mudanças no menú. 
  • Perguntam se alguém no grupo tem um requisito dietético especial.
  • Receberam formação acerca da isenção de glúten.
  • Registam todas as reclamações de clientes caso exista algum problema. 
  • Têm acesso a indicações para servir alimentos isentos de glúten.

 

Deixamos-lhe ainda mais algumas sugestões:

O que deve fazer

O que deve fazer

  • Colocar pratos isentos de glúten primeiro nos balcões para servir.
  • Indicar quais os alimentos isentos de glúten com rótulos, cores ou bandeiras.
  • Rotular as suas colheres de servir isentas de glúten ou utilizar uma cor diferente. 
  • Certificar-se de que o seu cliente compreende que sabe as suas necessidades.

 

O que não se deve fazer

O que não se deve fazer

  • Utilizar as mesmas colheres para servir pratos com e sem glúten.
  • Colocar pão ou croutons em sopas e saladas. 
  • Utilizar os mesmos pratos que contêm manteiga para comensais com doença celíaca. Pode estar contaminado com pão ralado.
  • Servir gelado com uma bolacha.