Os aditivos e a segurança alimentar

Os aditivos e a segurança alimentar

Conheça alguns dos aditivos alimentares autorizados, de acordo com a legislação Europeia.

Download

Contact Details

Sabedoria secular

Sabedoria secular

Os alimentos são, de uma forma geral, muito sensíveis ao transporte e às oscilações de temperatura, o seu aspeto altera-se com facilidade e a sua degradação é rápida.

Desde há séculos que o homem encontrou forma de contornar alguns destes problemas, usando por exemplo o sal para conservar as carnes e os peixes (o presunto é um exemplo muito comum nos dias de hoje) ou o vinagre, como nos “pickles” que todos conhecemos. Com o desenvolvimento da indústria alimentar, na segunda metade do século XX, foram progressivamente identificadas novas substâncias capazes de preservar a aparência dos alimentos e manter ou modificar o seu sabor, muitas delas de origem natural.

Os aditivos na indústria alimentar

Os aditivos na indústria alimentar

Tornou-se assim possível a produção de produtos alimentares em larga escala e o seu transporte através de grandes distâncias, assegurando que chegam ao consumidor com o aspeto e qualidade muito próximos dos de origem.

Para segurança dos consumidores, todos os aditivos utilizados na produção alimentar foram aprovados pela Comissão Europeia, após submetidos a rigorosos testes que confirmam a sua segurança para a saúde, sendo obrigatoriamente discriminados nas embalagens.