A tendência emergente da alimentação com base vegetal pode não ter um impacto direto elevado no comércio de um restaurante, no entanto Chefs em todo o mundo têm vindo a reprojetar as suas ementas de forma a agradar todo o tipo de clientes.

A consciência do impacto ambiental dado o consumo de carne e os benefícios causados por uma elevada ingestão de vegetais, ricos em nutrientes e fibras, entre outras coisas, tem vindo a gerar uma mudança significativa nos hábitos alimentares dos consumidores. Consequentemente, este novo modelo de vida afeta a forma como as pessoas se alimentam fora de casa.

Embora a carne e o peixe nunca desapareçam do menú, o número de clientes que procura pratos com base vegetal como uma alternativa ocasional, se não uma opção regular, é cada vez maior. À medida que o preço da proteína animal aumenta, considerar os vegetais como ingrediente principal vale o investimento e a experimentação. Assim, aumentar o consumo de vegetais sazonais não só faz sentido económico, como também oferece um fator diferenciador.

Estamos perante um público cada vez mais informado, curioso e à espera de uma resposta do setor da restauração.

Acompanhamentos

Acompanhamentos

Os tradicionais acompanhamentos estão a começar a fazer a transição para pratos principais, utilizando mais grãos e sementes, como quinoa e arroz integral, espelta, cevada, arroz preto e couscous.

Estes ingredientes resultam especialmente bem quando confecionados com um caldo, que lhes confere muito sabor desde o primeiro momento, e ainda algum tempero.

Proteínas

Proteínas

As opções vegetarianas podem perfeitamente ser combinadas com queijos, como por exemplo: camembert, cheddar, ovelha, feta ou cabra. No caso de preparações veganas, o  queijo normal pode ser substituído por tofu, soja, seitan ou hambúrgueres vegetais. 

Não pense que um menú vegetariano tem que ser "chato". Os restaurantes podem facilmente quebrar estereótipos com pequenos truques e surpreender tudo e todos!

Se desejar levar os seus convidados a uma viagem gastronómica, vale a pena procurar por mais inspirações das cozinhas do mundo, como culinária oriental ou italiana.