Cozinha Inteligente | Unilever Food Solutions
Menu
Pontos

1. GESTÃO DE ALIMENTOS PERECÍVEIS

Na compra de alimentos perecíveis, tenha em conta as suas quantidades e formatos:

  • As quantidades compradas devem ser adequadas à procura esperada para o prato que contém esses ingredientes, para evitar desperdícios.
  • Considere o formato dos ingredientes – fresco ou congelado, inteiro ou em porções. Para reduzir custos, é vantajoso comprar peças inteiras. Por outro lado, porções prontas a cozinhar facilitam a operação e diminuem o tempo de preparação.

2. APROVEITE PRODUTOS  DE CONVENIÊNCIA

Numa cozinha com pouco staff e que necessita de uma operação rápida, considere as vantagens da utilização de produtos de conveniência:

  • Utilizando produtos como Hellmann’s Maionese, poderá usar o seu tempo para personalizar a maionese da casa. O mesmo se passa ao utilizar Knorr Puré de Batata ou Knorr Molho Demi Glace. Além disso, este tipo de produtos têm muitas vezes uma maior validade e rentabilidade, que o ajuda a gerir os custos e o desperdício.

3. UTILIZE INGREDIENTES  DA ÉPOCA

Os ingredientes frescos que utiliza na sua cozinha são sazonais e, por isso, a sua qualidade e preço variam ao longo do ano. Compre ingredientes da época e assim:

  • Tira proveito da sua frescura e consegue um sabor mais rico, resultando em pratos mais saborosos.
  • Consegue preços mais vantajosos, pois estes ingredientes são mais baratos devido ao aumento da oferta, que diminui os seus custos.
Refeição pronta a servir

4. O SEGREDO ESTÁ NA MISE EN PLACE

Numa cozinha com pouco staff e operação rápida, uma boa mise en place é essencial:

  • Ter massa e arroz já num ponto de cozedura inicial, os legumes cortados e proteínas arranjadas é algo que pode ser feito fora das horas de pico e facilitará a preparação dos pratos no momento de servir.

5. INGREDIENTES VERSÁTEIS COMO BASE

Uma excelente forma de ter um menu variado sem acrescentar muita complexidade à sua cozinha é utilizar um ingrediente base que possa integrar várias receitas, como por exemplo:

  • Uma base de arroz, pode transformar-se em múltiplas receitas diferentes (arroz de tomate, arroz de marisco, etc). 
  • Uma base de puré, com a qual pode fazer pratos principais (por exemplo, empadões) e também diversos purés para acompanhamento.
Chef a fazer a mise en place

6. SIMPLIFIQUE O SEU MENU

Se quiser simplificar o seu menu de forma a ter menos custos com os ingredientes e uma menor complexidade na sua operação:

  • Aposte nos pratos mais pedidos, os favoritos dos seus clientes.
  • Opte por pratos regionais, pois os ingredientes locais são geralmente mais baratos.
  • Sirva pratos de tacho, são rentáveis e facilmente aquecidos no momento de servir.

7. REDUZA O DESPERDÍCIO

Se tem excedente dos pratos do dia que prepara, pondere juntar-se a plataformas como a Too Good To Go. Poderá salvar os seus pratos do desperdício alimentar e cobrir os custos que teve com a sua preparação.

Reduzir o desperdicio com plataformas como a Too Good To Go