Romã

Romã

Dica do Chef: Separe os bagos de romã abrindo-a ao meio e em seguida batendo com uma colher de sopa na parte da casca…vai ser só espectacular e rápido!

Escolher bem: Prefira os frutos que equilibrem o peso com o tamanho. Escolha-os com a casca sem defeitos e sinais de deterioração.

Dicas de Conservação:

À temperatura ambiente: coloque num lugar fresco. Duram até 1 mês.

No frigorífico: duram cerca de 2 meses.

No congelador: descasque-as e guarde apenas as sementes. Duram até 3 meses.

Curiosidades:

Rica em fibra, potássio, vitamina C, é uma fonte importante de antioxidantes. Devido ao sabor doce e à intensa coloração das suas sementes, a romã é muito usada em saladas de fruta. Bem madura, é mais fácil de abrir.

Uvas

Uvas

Dica do Chef: Misture e salteie uvas brancas e tintas e sirva para acompanhar os seus assados mais especiais, pois a frescura do sabor e o sumo que estas trazem ao prato é simplesmente delicioso.

Escolher bem: Manipule os cachos com cuidado. Estes devem ser firmes e doces. Rejeite os cachos com uvas moles ou manchadas. O pedúnculo deve estar verde e se o bago estiver mirrado é sinal de que a uva já não está fresca.

Dicas de Conservação:

À temperatura ambiente: num local fresco, duram cerca de 2 dias.

No frigorífico: num recipiente fechado, para não perder água, duram cerca de 7 dias.

Curiosidades:

Com um elevado teor de açúcares facilmente assimiláveis pelo organismo, a uva preta é rica em taninos, antioxidantes e potássio. Ligeiramente aquecidas, servem também de acompanhamento para pratos de carne.

Abóbora

Abóbora

Dica do Chef 1: Cortada em cubos pequenos, misturada com cougette e nabo e salteada em azeite e alho é o acompanhamento perfeito para pratos de carnes brancas (coelho, perú, frango, galinha…).

Dica do Chef 2: Simplesmente grelhada em fatias grossas, pincelada com azeite e ervas aromáticas fará a diferença.

Escolher bem: Opte por abóboras sem imperfeições, com uma casca limpa e brilhante. Se a comprar já cortada, certifique-se que não está seca, pois é sinal de que já está cortada à muito tempo.

Dicas de Conservação:

À temperatura ambiente: conservar num local fresco e ventilado, a abóbora aguenta meses.

No frigorífico: depois de aberta, dura entre 2 a 3 dias.

No congelador: descasque-a primeiro e guarde em recipientes fechados.

Curiosidades:

Com baixo teor em calorias, a abóbora é rica em fibra, Vitamania A, C e E. Usada em imensas receitas, na cozinha portuguesa, é mais comum ser usada em sopas, purés, compotas e pastelaria (como filhoses e sonhos). As pevides, depois de secas e polvilhadas com sal, servem também de aperitivo.

Batata

Batata

Dica do Chef 1: Quem resiste a batatas chips bem fritas? Aproveite também as cascas das batatas novas, depois de lavadas e secas utilize-as para fritar e servir um aperitivo que acompanhado com deliciosos molhos frios… sempre Hellmann’s!

Dica do Chef 2: Faça contas ao custo do puré de batata que alguns de nós teimamos em fazer de raiz! Descascar, cozer, escorrer, triturar/esmagar, adicionar manteiga e leite, temperar… já experimentou o Puré de Batata Knorr?

Escolher bem: Há variedades para fritar, cozer e assar. Não compre batatas murchas ou greladas pois é um sinal que já estão velhas. Evite batatas que tenham tubérculo com cor esverdeada.

Dicas de conservação:

À temperatura ambiente: guarde-as num local seco e escuro, para não formar solanina. Não guarde as batatas no frigorífico, pois ficam doces, ao fim de algumas semanas.

Curiosidades:

Rica em potássio, vitamina C e ácido fólico, as batatas são um dos alimentos principais da nossa cozinha. Podem ser cozinhadas de diferentes formas, desde cozidas, gratinadas, assadas, fritas ou em puré. Usada em sopas e cremes, existem diversas variedades de batata para cada preparação culinária.