Menu
Pontos
Banana

Banana

Dica do Chef 1: As folhas de bananeira podem ser utilizadas para envolver alimentos a grelhar ou assar, pois a sua riqueza em pectina torna a carne mais macia. 

Dica do Chef 2: Deve ser sempre mantida fora do frio, pois a sua pele torna-se negra. 

Escolher bem: Escolha bananas rijas, perfumadas e com a casca amarela. Se não for para consumo imediato, escolha as que têm ainda a casca verde.

Dicas de conservação:

À temperatura ambiente: se estiver pouco madura.

No frigorífico: coloque a fruta dentro de um saco plástico.

Se quer que amadureça mais rapidamente, coloque-a ao pé de outras frutas, como por exemplo a maçã.

Curiosidades:

Sabia que as bananas foram introduzidas em França pelos portugueses e só se tornaram populares no séc. XVIII? 

A banana tem 99 cal/100g e quando desidratada aumenta este valor para 285 cal/100g. 

Considerada uma das frutas tropicais de excelência, a Banana é um fruto ímpar em termos de utilizações e características. Rica em potássio, vitaminas A, C, K e glúcidos (23g/100g fruto). 

Rica em potássio e magnésio, a banana é uma fruta versátil e de fácil digestão.

Pode oferecer aos seus clientes em diferentes formas: fritas, com gelado, em saladas, fondues ou até mesmo em pratos de carne.

Ervilhas

Ervilhas

Dica do Chef 1: Quando as ervilhas são frescas, descascar e aproveitar a vagem para fazer um creme de ervilha, guarnecendo o mesmo com as ervilhas estufadas. 

Dica do Chef 2: Se tiver ervilhas frescas e não as consumir rapidamente, ferva-as em água e sal e congele.

Escolher bem: Se comprar as ervilhas em vagem para descascar, prefira as frescas e bem cheias. Assegure-se que os grãos estão tenros, sumarentos e firmes. 

Dicas de Conservação:

À temperatura ambiente: duram até 3 dias.

No frigorífico: aguentam entre 10 a 12 dias.

Curiosidades:

Sabia que cada vagem de ervilha contem entre 3 a 8 ervilhas? 

São ricas em potássio, fósforo e vitamina A e contêm 92 cal/100g. 

São sempre consumidas cozinhadas, fazendo parte de diversas receitas: cozidas em água a ferver e manteiga (à inglesa), com cebolinhas, manteiga e alface (à francesa), com tiras de toucinho (à caseira), com pequenas cenouras (à lavradora). 

Use-as nas suas sopas e guisados, salteadas com ovos ou cozidas, a acompanhar os seus pratos de peixe e carne.

Ricas em proteínas, fibra e potássio, as ervilhas podem consumir-se cruas ou cozidas.